“Estou de volta pro meu aconchego

Trazendo na mala bastante saudade

Querendo um sorriso sincero

Um abraço para aliviar meu cansaço

E toda essa minha vontade”

Dominguinhos e Nando Cordel

Paisagem com araucárias na Serra da Mantiqueira. Gradil / cerca de madeira, grama, gramado, céu azul, montanhas, natureza. Casa Ao Cubo. Foto: Ricardo Labougle.

Refúgio na Serra da Mantiqueira. Sala com decoração rústica: piso de madeira, lareira, lenha. Mesa de centro em madeira rústica. A Poltrona Mole, de Sergio Rodrigues, é de couro natural. Grandes panos de vidro trazem o aconchego da natureza para dentro da casa. Fotos: Ricardo Labougle.

Sala com decoração rústica. Piso de madeira, lareira, lenha. Mesa de centro em madeira rústica. Poltrona Mole, de Sergio Rodrigues. Grandes panos de vidro trazem o aconchego da natureza para dentro da casa.

 

Você já sentiu isso?

 

O desejo de chegar em casa?

O desejo de se sentir acolhido?

O desejo de se conectar à simplicidade da natureza?

 

O sucesso arrebatador de Dominguinhos e Nando Cordel está tatuado em nossas memórias afetivas e se encaixa perfeitamente ao tema do nosso novo artigo.

 

Aqui, você descobrirá tudo sobre a decoração rústica, sobre como utilizá-la para deixar a sua casa muito mais bonita e sobre os tipos de materiais que trazem o aconchego da natureza para dentro da sua casa.

 

Veja alguns dos tópicos que abordaremos neste post:

  1. O que é a decoração rústica
  2. Quais são os materiais mais utilizados neste estilo
  3. Alguns estilos arquitetônicos que se utilizam do aconchego dos materiais naturais
  4. Natural x Artificial
  5. Onde a sustentabilidade entra nessa equação

 

 

1. Decoração Rústica

A varanda desta residência se abre ao jardim, integrando arquitetura e paisagismo, interior e exterior. Fechamento de vidro. Árvore e plantas. Natureza. Casa Ao Cubo. Foto: Marcelo Kahn.

Foto: Marcelo Kahn

 

Cinco e meia da manhã. Toca o despertador. É o início de mais uma jornada.

 

O dia está lindo, o sol brilha, mas já sabemos o que nos aguarda:

 

Trânsito na ida. Dia corrido de trabalho. Trânsito na volta.

 

Enfim, no fim, você precisa de   P   A   Z   !

 

O estilo rústico nos oferece um refúgio, uma fuga desse caos urbano.

 

Sim, o rústico é rude.

 

Faz referência a tudo o que é mal acabado. Àquilo que é grosseiro, não lapidado, não polido.

 

O rústico é rural, campestre, simples.

 

NATURAL.

 

 

2. Materiais Rústicos

Cozinha com decoração rústica. Armários em madeira de demolição. Piso de ladrilho hidráulico. Grande porta traz a luz do dia para dentro da casa. Casa Ao Cubo. Foto: Fran Parente.

Foto: Fran Parente

 

São aqueles que remetem à natureza na sua forma mais pura, bruta, natural.

 

Eles aquecem e confortam, convidam a entrar, são aconchegantes.

 

Revestimentos em pedras naturais, madeira (muuuuuuuuuuita madeira!), tecidos naturais, tijolos… Tudo isso combinado com grandes panos de vidro, justamente para aproximar interno e externo e integrar arquitetura e natureza.

 

Vamos conhecer os 3 principais materiais para serem utilizados na decoração rústica:

 

2.1 MADEIRA

A madeira é um dos melhores isolantes naturais que existem. Ela nunca será quente demais, nunca será fria demais, nunca será demais…     😉

 

É um material orgânico, natural, que proporciona um excelente conforto térmico. Ambientes decorados com madeira são muito aconchegantes.

Varanda com piso e forro em madeira. Tronco de árvore reveste pilar. Os caixilhos se abrem totalmente, permitindo a integração total entre interior e exterior. A natureza faz parte da arquitetura desta casa. Casa Ao Cubo. Foto: Fernando Guerra.

Foto: Fernando Guerra

 

Varanda com piso e forro em madeira. Um pilar foi revestido por um tronco de árvore com uma pegada 100% rústica. Os caixilhos se abrem totalmente, permitindo a completa integração entre interior e exterior.

 

A natureza invade a casa. Isso é rústico! Simples e elegante.

 

Loft com decoração rústica. Quarto com piso e parede em madeira. Pufe e manta em lã. Super aconchegante! Ao fundo, grande janela integra interior e exterior. Casa Ao Cubo. Foto: Martin Architects.

Foto: Martin Architects

 

Loft com decoração rústica: piso e parede em madeira. Pufe e manta em lã. Super aconchegante! Ao fundo, a grande janela permite a entrada de luz natural em abundância.

 

Muita madeira nesta decoração rústica! Piso, parede e degraus trazem aconchego com elegância. O guarda-corpo em vidro mostra que rústico e contemporâneo convivem em perfeita harmonia. Casa Ao Cubo. Foto: Ricardo Labougle.

Foto: Ricardo Labougle

 

Muita madeira nesta decoração rústica! Piso, parede e degraus trazem aconchego com elegância. O guarda-corpo em vidro mostra que rústico e contemporâneo convivem em perfeita harmonia.

 

2.2 TIJOLO À VISTA

Os tijolos aparentes também são uma máxima da decoração rústica.

 

Para isso, quanto mais naturais estiverem, mais aconchegante fica o ambiente.

Loft com decoração rústica. Tijolos à vista combinados com madeira trazem aconchego para o ambiente. A grande janela traz a luz natural para o interior. Casa Ao Cubo. Foto: Martin Architects.

Foto: Martin Architects

 

Este incrível home office com paredes em tijolo à vista e piso de madeira é um exemplo clássico de como a decoração rústica, além de trazer conforto, acolhimento, aquecimento, pode ser despojada e elegante. A grande janela traz a luz natural para o interior.

 

Nesta reforma, os tijolos receberam acabamento com nata de cal, areia e cimento branco, para ficarem mais claros. Piso, forro e esquadrias em madeira. Grandes vãos de vidro trazem a natureza para dentro da casa. Casa Ao Cubo. Foto: Edu Castello.

Foto: Edu Castello

 

Nesta reforma, os tijolos receberam acabamento com nata de cal, areia e cimento branco, para ficarem mais claros. Piso, forro e esquadrias em madeira. Grandes vãos de vidro trazem a natureza para dentro da casa.

 

Sala de estar mistura rústico e moderno. As paredes em tijolo à vista foram cobertos com pintura caiada. A cadeira Paulistano, do mestre Paulo Mendes da Rocha, em couro natural, também é rústica, moderna e 100% aconchegante! Tapete By Camy. Casa Ao Cubo. Foto: Maíra Acayaba.

Foto: Maíra Acayaba

 

Sala de estar mistura rústico e moderno. As paredes em tijolo à vista foram cobertos com pintura caiada. A cadeira Paulistano, do mestre Paulo Mendes da Rocha, em couro natural, também é rústica, moderna e 100% aconchegante! Tapete By Kamy.

 

2.3 PEDRA

Quanto menos polidas e retificadas, mais rústicas. Mais naturais. Mais aconchegantes.

 

Fachada rústica revestida em tijolos à vista e pedras naturais. As pedras existentes no próprio terreno são implodidas e cortadas manualmente, garantindo exclusividade ao projeto. Casa Ao Cubo. Foto: Canal do Imóvel.

Muitas vezes os arquitetos optam por utilizar as pedras existentes no próprio terreno para revestir pisos e paredes. Além de garantir um ar rústico e aconchegante ao projeto, garante exclusividade, já que o processo é totalmente manual. Foto: Canal do Imóvel

Fachada rústica revestida em tijolos à vista e pedras naturais. As pedras existentes no próprio terreno são implodidas e cortadas manualmente, garantindo exclusividade ao projeto. Casa Ao Cubo. Foto: Canal do Imóvel.

 

Para fachadas, pisos externos ou revestimento de paredes internas, muitas vezes os arquitetos optam por utilizar pedras naturais do próprio terreno ou dos arredores de onde a obra será erguida.

 

Depois de implodidas, elas são cortadas manualmente, uma a uma. Este processo artesanal torna a decoração super exclusiva. Nenhuma casa será igual à sua!

 

Na residência acima, o nome é bem sugestivo: “El Pedregal”. Os granitos existentes no próprio terreno foram utilizados em pisos e revestimentos de paredes.

 

Pedras naturais rústicas são utilizadas no paisagismo dessa piscina. Casa Ao Cubo. Foto: Fernando Guerra.

Foto: Fernando Guerra

 

Pedras naturais rústicas são utilizadas no paisagismo dessa piscina.

 

Deck / deque de madeira. Paredes em pedras naturais da região da Serra da Mantiqueira. Natureza. Decoração rústica. Casa Ao Cubo. Foto: Ricardo Labougle.

Foto: Ricardo Labougle.

 

Deck de madeira e paredes em pedras naturais da região da Serra da Mantiqueira.

 

 

3. Estilos Arquitetônicos Com Pegada Rústica

Decoração rústica. Paredes em tijolo à vista, vigas aparentes em madeira e caixas de madeira sendo utilizadas como suporte para parede verde / jardim vertical. Grande janela integra o interior ao exterior. Mobiliário e luminária de linhas retas. Casa Ao Cubo. Foto: Martin Architects.

Foto: Martin Architects

 

3.1 ESTILO INDUSTRIAL

Entre as décadas de 1950 e 1970, quando grandes galpões industriais e estúdios passaram por reformas para transformar-se em lares, surgiu o estilo industrial.

 

O próprios galpões ditaram as características desse estilo:

  • Espaços amplos, plantas livres, sem muitas divisões;
  • Estruturas, tubulações e fiações aparentes;
  • Escadas metálicas;
  • Materiais crus, rudes, rústicos: tijolos, madeira, concreto aparente, metal;
  • Grandes esquadrias e iluminação natural abundante.

 

Imagem 3D. Loft com decoração industrial. Paredes em tijolo à vista, piso de madeira, grandes esquadrias que trazem muita iluminação natural, tubulações aparentes, tecidos naturais como couro. Casa Ao Cubo. Imagem 3D: Elkhodeiry Yasser.

Imagem 3D: Elkhodeiry Yasser

 

Imagem 3D. Loft com decoração industrial: paredes de tijolo à vista, piso de madeira, grandes esquadrias que trazem muita iluminação natural, tubulações aparentes, tecidos naturais como couro.

 

Loft estilo industrial. Planta livre. Estruturas e tubulações aparentes. Nas paredes, tijolo à vista rústico. No piso, madeira. luminárias em metal e sofás em couro. Casa Ao Cubo. Foto: Earth Gear.

Foto: Earth Gear

 

Mais um loft em estilo industrial. Planta livre. Estruturas e tubulações aparentes. Nas paredes, tijolo à vista rústico. No piso, madeira. luminárias em metal e sofás em couro.

 

Decoração rústica industrial: estrutura aparente, grande janela com iluminação natural, madeira, concreto, tijolo à vista, metal. Casa Ao Cubo. Foto: Martin Architects.

Foto: Martin Architects

 

Decoração rústica industrial: estrutura aparente, grande janela com iluminação natural, madeira, concreto, tijolo à vista, metal.

 

Saiba mais sobre o Estilo Industrial e a Arquitetura High Tech no nosso post sobre o Centre Pompidou!

 

3.2 ESTILO ESCANDINAVO

A região da Escandinávia (Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia e Islândia), por localizar-se no extremo norte do planeta, tem um inverno rigoroso e muitas horas de escuridão diária.

 

Por isso, tem como principais características de sua decoração:

  • Ambientes amplos e claros, com a predominância de tons em branco, cinza e bege;
  • Muitas portas e janelas, para entrada de iluminação natural;
  • Plantas e artesanato local são bem-vindos, pois trazem a natureza para dentro de casa;
  • Decoração minimalista, com poucos objetos e acessórios – os excessos são dispensados;
  • Mobiliário de linhas simples e sóbrias;
  • Uso de materiais naturais e rústicos, para trazer aconchego ao clima extremo.

 

Foto: Heidi Lerkenfeldt

Foto: Heidi Lerkenfeldt

 

Foto: Mariana Orsi

Foto: Mariana Orsi

 

 

 

ALESSANDRA PALMEZAN | ADRIANO GRONARD

Texto: Alessandra Palmezan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
0