As estações de trem mais bonitas do mundo!

Estações de trem precisam ser bonitas?

De preferência, sim. Algo cotidiano e comum como pegar um trem pode se tornar uma experiência incrível quando entramos em uma estação grandiosa e bela. Listamos abaixo as estações mais bonitas do mundo:

 

Casa ao Cubo

Entrada do restaurante da estação de Lyon, em Paris, França. Foto: http://www.le-train-bleu.com

 

 

MILANO CENTRALE

Milão, Itália

Antes da atual estação, a primeira Milano Centrale abriu em 1864 e havia sido concebida pelo francês Louis Jules Bouchot nos moldes das estações parisienses da época. A estação que vemos hoje é resultado de um projeto de autoria do arquiteto italiano Ulisse Stacchinni com muitas interferências megalomaníacas de Mussolini , que queria que a estação se tornasse representante do poder do regime fascista.

Perspectiva do projeto arquitetônica da estação Milano Centrale

Perspectiva do projeto arquitetônico da estação Milano Centrale. O resultado de tanta interferência de Mussolini para dar mais pompa ao edifício resultou um um mix de Art Nouveau, Art Déco e fascismo. A estação é adornada com numerosas esculturas. Imagem: retours.eu

As principais mudanças requeridas por Mussolini foram mais (e maiores) plataformas, além de grandes toldos de aço desenhos por Alberto Fava, com 341m de comprimento, cobrindo uma área de  66.500m².

À época de sua inauguração, a Milano Centrale foi a maior estação ferroviária da Europa.Até hoje, está entre as maiores com cerca de 330.000 passageiros/dia e 120milhões/ano.

CasaAoCubo_milano centrale_c_rostislav_glinsky_editorial_only-shutterstock_107619671-5ad85- estações

Plataforma de embarque e desembarque da estação Milano Centrale.  Foto: Shutterstock

 

Casa-ao-Cubo_milano-vista-externa-estações

Saguão da Estação Central de Milão. Foto: elodie50a.deviantart.com

 

ESTACIÓN MADRID ATOCHA

Madri, Espanha

 

CasaAoCubo_Atocha_2


Estação Madrid Atocha. Um dos elementos que mais impressionam na maior estação de trem de Madri é seu jardim tropical. Podemos ver, em destaque, árvores do viajante e palmeiras.

Inicialmente, seu nome era Estación de Mediodía. O prédio de ferro e vidro foi erigido por Alberto Palacios com a ajuda engenheiro Gustave Eiffel (o mesmo da Torre Eiffel).

O jardim tropical foi inserido somente na década de 1980 pelo arquiteto espanhol Rafael Moneo (vencedor de diversos prêmios, entre eles, o Pritzker de 1996). O fato ocorreu durante uma grande ampliação da estação a partir da chegada dos novos trens AVE (Alta Velocidad Español). Veja mais sobre o poder dos elementos naturais na decoração e na arquitetura em nossa matéria GREEN POWER !Desfrute da exuberância da floresta e do campo na sua casa!!

Atocha continua como principal estação de Madri, com um fluxo de 88 milhões de passageiros/ano.

 

GARE SAINT-EXUPÉRY

Lyon, França

Para a concepção desta estação futurista de trens TGV, o arquiteto espanhol Santiago Calatrava se inspirou na forma de um olho e sua pálpebra. A construção está anexa ao aeroporto internacional de Lyon- Saint Exupéry ao qual se conecta por uma passarela suspensa de pedestres.

CasaAoCubo

Estação Lyon Saint-Exupery . Sua forma foi inspirada em um olho e sua respectiva pálpebra.
Arquiteto : Santiago Calatrava

CasaAoCubo_Jean_Louis_Garé_St_Exupéry_estações

CasaAoCubo- Gare-SaintExupéry-Lyon- estações

Concreto aparente, aço e vidro são os principais elementos dessa construção.

ST PANCRAS STATION

Londres, Inglaterra

CasaAoCubo_st__pancras_renaissance_london_hotel_

Vista externa. A fachada contém alguns elementos que posteriormente foram também utilizados no Terminal Victoria, em Mumbai, Índia.

Ela é uma das maiores obras-primas da arquitetura neogótica vitoriana e uma das estações mais elegantes do mundo.

Inaugurada em 1868 após execução do projeto de arquitetura de George Gilbert Scott e William Henry Barlow, a estação já contava com um hotel 5 estrelas em seu edifício, o Midland Grand Hotel, fechado em 1935 devido a bombardeios à estação e seu entorno durante as duas grandes guerras.  Hoje, o mesmo local é ocupado pelo  St Pancras Renaissance Hotel.

 

CasaAoCubo -Saint Pancras-estações

St Pancras Station- a estação é interligada com a King Cross Station, recentemente reformada

A cobertura é composta por uma série de peças em ferro forjado, resultando em um vão livre com 30m de altura, 80m de largura e 213m de comprimento. À época de sua construção, foi a maior cobertura do mundo , superando inclusive a cobertura da Grand Central Station de Nova York.

CasaAoCubo _-st-pancras_Eurostar- estações

Vista aérea da plataforma de embarque e desembarque., com o trem Eurostar, que liga a estação à Europa continental. Foto:

Uma curiosidade: a fachada foi utilizada como locação de um dos filmes de Harry Potter.

Parte da fachada que aparece em um dos filmes Harry Potter

Parte da fachada que aparece em um dos filmes Harry Potter

  • Após bombardeio na 2°G.M
    Após bombardeio na 2°G.M
  • Gare da estação. Imagem _ Shutterstock
    Gare da estação. Imagem _ Shutterstock
  • Vista aérea. Imagem_eobserver.com
    Vista aérea. Imagem_eobserver.com
  • Vista externa a partir da torre do relógio
    Vista externa a partir da torre do relógio

ESTAÇÃO DE SÃO BENTO

Porto- Portugal

O que dizer desses maravilhosos azulejos portugueses pintados à mão?

Concebida pelo arquiteto português José Marques da Silva e inaugurada em 1916 , essa estação encanta passageiros e turistas no centro histórico do Porto.

A fachada tem claras influências francesas, mas o que tornou a estação uma celebridade foram seus belos painéis de azulejos.
CasaAoCubo_sao-bento-porto-portugal- estações

UNION STATION

Washington D.C- Estados Unidos

Inaugurada em 1907, essa estação abriga a sede da Amtrak (a companhia estatal responsável pela malha ferroviária norte-americana) e conta com um pequeno shopping center. Recebe mais de 40 milhões de visitantes/ano.

CasaAoCubo_UnionStation- estações

Foto antiga da Union Station quase vazia.

O projeto arquitetônico é de autoria de Daniel Burnham, na época um célebre arquiteto de Chicago. A estação e seus arredores foram tratados de forma monumental , devido à proximidade com o Capitólio de Whashington, a fim de se manter uma unidade urbana.

A arquitetura é de estilo eclético. O arquiteto se inspirou em diversas obras de diferentes estilos: desde o Arco de Constantino (Roma) na fachada, até as temas de Diocletiano (Roma) no interior do edifício. Há ainda uma série de esculturas em estilo Beaux Arts (França)  produzidas em materiais nobres (mármore e folhas de ouro).

CasaAoCubo_Union.Station.Washington.D.C.- estações

Saguão da Union Station em Washington.

Entre as suas características únicas, a estação contava com uma “suíte presidencial” concebida para o presidente dos Estados Unidos receber visitantes importantes que chegassem a Washington. Após um declínio nas instalações da estação na década de 1960, duas décadas depois, a administração Reagan iniciou os primeiros trabalhos de restauração desse patrimônio.

CHHATRAPATI SHIVAJI TERMINUS

Mumbai- Índia

Esse terminal levou 10 anos para ser construído e foi um dos maiores legados do Império Britânico na Índia. Ficou pronto em 1888 e, originalmente, chamava-se Victoria Terminus, em referência à chefe de Estado do império (rainha Victoria).

CasaAoCubo_Mumbai_Station- estações

Fachada do projeto arquitetônico da estação de Mumbai, Índia. O projeto foi desenvolvido na Inglaterra. Imagem: architecture.com

Desenhada pelo arquiteto inglês Frederick William Stevens, a construção original continua intacta e é, até hoje, o maior ícone da cidade de Mumbai (antiga Bombaim). Recebe mais de 3 milhões de passageiros/ano.

CasaAoCubo_terminal Victoria_Mumbai_India_estações

Foto atual da antiga Victoria Terminus. Construção intacta! Foto: Joe Ravi ( CC-BY-SA 3.0 )

LIÈGE-GUILLEMINS

Liège- Bélgica

Essa impressionante estação tem como destaque em seu volume um grande arco com 32 metros de altura e 160 metros de comprimento.

CasaAoCubo_Liège-Guillemins.railway.station.original- estações

Vista externa da estação de trem Liège-Guillemins, na Bélgica. Foto: revista DeZeen : www.dzeen.com

O local já funciona como estação desde meados do século XIX. Em 1905, passou por uma grande reforma em estilo Beaux Arts  (arquitetura francesa vigente na época) para a exposição Universal de Liège.  O edifício de estilo Beaux Arts passou a abrigar o atual Museu de Arte Moderna e Arte Contemporânea de Liège ( MAMAC). Na década de 1950, foi reconstruída em estilo modernista.

CasaAoCubo_Liege-Gullemins-station-by-Santiago-Calatrava_fonte_Dzeen- estações

Detalhe do grande arco de aço e vidro que se destaca no volume da estação “Gare des Guillemins”, em Liège, Bélgica. Foto: revista DeZeen_ www.dezeen.com

A estação atual foi inaugurada em 2009, com projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava. Note que o arquiteto assinou duas das estações  mais belas do mundo! Citamos a estação de Lyon anteriormente!

CasaAoCubo_gare_liege_calatrava_estações

Formas limpas e futuristas são características de todas as obras do arquiteto Santiago Calatrava. Foto: revista DeZeen : www.dzeen.com

 

GARE DE LYON- Paris – França

Assim como a Torre Eiffel, a estação foi construída para a Exposição Universal de 1.900. É considerada um exemplo clássico da arquitetura de seu tempo. O elemento mais marcante de sua fachada é a torre do relógio, semelhante em estilo à Clock Tower de Londres (o famoso Big Ben) e à torre do relógio da estação da Luz em São Paulo!

CasaAoCubo_Gare-de-Lyon-Extérieur-de-nuit-_-630x405-_-©-Fotolia-Crobard

Fachada da Gare de Lyon. A torre com relógio destaca-se ao fundo. Imagem: Fotolia-Crobard

A estação é a terceira mais movimentada da França, com 83 milhões de passageiros/ano e é servida pelos trens de alta velocidade franceses (TGV), ligando Paris ao sul da França e a outros países da Europa.

Restaurante “Le train bleu”, uma atração à parte

O restaurante da Gare de Lyon merece nosso destaque. Trata-se de um ícone de Paris em atividade desde 1901. Conseguir desfrutá-lo pode tornar uma viagem memorável antes mesmo de o passageiro entrar no trem, ou finaliza qualquer viagem em grande estilo!!!

CasaAoCubo-le-train-bleu-paris-france-estações

 

Casa ao Cubo

Teto ricamente decorado do restaurante Le Train Bleu. Molduras, lustres, esculturas e escala monumental fazem o passageiro se sentir em um palácio. Imagem: www.le-train-bleu.com

CasaAoCubo_Le-Train-Bleu-restaurant-Paris- estações

Detalhe de um dos afrescos.

AS BRASILEIRAS !!!

As duas mais belas estações do Brasil estão na cidade de São Paulo e foram concebidas e construídas na “era do Café”.

ESTAÇÃO DA LUZ

São Paulo- Brasil

Ela é brasileira com ares ingleses!!

A estação que vemos hoje, e que é um dos maiores marcos do centro de São Paulo, já é uma terceira versão (construção), que ocorreu no início do século XX. O projeto da estação é de autoria do britânico Charles Henry Driver, renomado arquiteto de estações ferroviárias.

Foto: Miguel Tovar/ Getty Images

Estação da Luz. Vista externa. Foto: Miguel Tovar/ Getty Images

Todo os projeto de engenharia e arquitetura foi realizado na Grã Bretanha. Toda a estrutura metálica da gare e os equipamentos para iluminação da estação também foram importados do mesmo país.

É notável a similaridade formal dessa estação com suas “primas” inglesas do mesmo período!

Vista interna da Estação da Luz

Vista interna da Estação da Luz. Ela é a segunda estação mais movimentada de São Paulo, com cerca de 150.000 passageiros/dia.

Em 2006, a estação passou a abrigar o Museu da Língua Portuguesa, que foi uma grande atração turística da cidade de São Paulo até o final de 2015, ano em que um grande incêndio o destruiu. Os operadores do museu prometem reabri-lo em breve!

 

 

ESTAÇÃO JÚLIO PRESTES

São Paulo- Brasil

A estação original, bem menor, denominava-se Estação São Paulo e foi inaugurada em 1872 pela Estrada de Ferro Sorocabana. O que vemos hoje é uma estação de 25.000 m² inspirada nos terminais de NovaYork Grand Central e Pennsylvania. em estilo Luís XVI.

CasaAoCubo_Estação Júlio Prestes - estações

Vista frontal aérea da Estação Júlio Prestes à noite.

Sua função inicial (ainda na primeira estação) era transportar o café vindo do interior paulista e do Norte do Paraná para a cidade de São Paulo. Por estar quase ao lado da Estação da Luz, o café que chegava àquela estação era facilmente baldeado à Sâo Paulo Railway, única ferrovia que ligava a cidade de São Paulo ao porto de Santos.

O transporte do café gerou enormes riquezas e decidiu-se construir uma estação nova e maior (a que vemos atualmente), projetada em 1925 por Samuel das Neves e Cristiano Stockler das Neves (fundador do curso de arquitetura da Universidade Mackenzie).

Os tempos gloriosos da segunda estação duraram muito pouco, pois em sua inauguração (1938), o uso de trens e bondes por passageiros já estava em declínio em São Paulo, devido ao surgimento do ônibus.

Em 1951, a estação mudou seu nome para Júlio Prestes e logo depois permaneceu abandonada por 04 décadas!!!

Na segunda metade da década de 1990, houve uma grande reforma a pedido do regente da Orquestra Sinfônica de São Paulo . O local que era ocupado por um jardim em estilo francês passaria a abrigar uma das mais belas salas de concerto do Brasil, a Sala São Paulo.

Casa ao Cubo_Sala São Paulo

Sala São Paulo. A imponente sala de concertos de acústica exemplar foi construída no local onde havia um jardim da estação.

Relógio é adiantado em uma hora na estação Júlio Prestes da CPTM

Relógio é adiantado em uma hora na estação Júlio Prestes da CPTM. Fonte:BandNews

 

 

Agora, queremos saber de você! Na sua opinião, qual é a estação mais bonita?

Temos mais 02 estações em nossa lista! Para saber quais são, basta cadastrar seu e-mail (à direita do início texto)!

Para ter experiências incríveis!!

Reserve uma mesa no Le Train Bleu quando estiver em Paris

-Para quem ama o charme de Millão, há um e-book com a história da estação Milano Centrale

-Cadastre seu e-mail (à direita) para saber quais são as duas outras estações da nossa lista e receber matérias exclusivas!

-Assista a um concerto da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo), na Sala São Paulo/Estação Júlio Prestes. Veja a programação aqui e compre seu ingresso no site ingressorapido.com.br

-O percurso da Estação da Luz até Santos foi desativado, mas é possível ir de trem turístico até metade do caminho e conhecer a charmosa vila inglesa em Paranapiacaba. Compre o bilhete no site da CPTM

ADRIANO GRONARD I ALESSANDRA PALMEZAN I JÉSSICA ROSSA

Texto: Adriano Gronard

 

2 Respostas para As estações de trem mais bonitas do mundo . Duas ficam no Brasil!

  1. Susi Balarini disse:

    Parabéns a vc arquiteto Adriano e as respectivas arquitetas, maravilhoso este mundo que o nosso arquiteto primeiro…Deus… Dá este dom maravilhoso e esta energia que gira no mundo, onde arquiteto espanhol projeta a estação em Paris e arquiteto francês, na Espanha e assim este mundo lindo, magnífico de mil perspectivas… Parabéns é muito obrigada por compartilhar esta cultura maravilhosa…Bjos.

    • Casa ao Cubo disse:

      Muito obrigado, Susi!
      Ficamos honrados pelos seus elogios!
      O encontro e a sinergia de diferentes culturas realmente agregam à humanidade.
      Abraços
      Arq.Adriano Gronard
      Casa ao Cubo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0
0
0